Poucas pessoas talvez compreendam as proporções que esse processo tem tomado na minha vida. Por um objetivo fui capaz de mudar minha rotina e minha alimentação, mas também a minha visão sobre a vida.

De pessoa negativa me tornei praticamente um poço de positividade o que me tornou também um para raios de coisas boas, porém sempre sobram traços da antiga vida e o traço do qual não consigo me desvencilhar é meu grande fantasma: o medo.

E confesso aqui de peito aberto que ainda hoje tenho medo. Medo de perder a pessoa que construí com tanto esforço nos últimos meses, medo de não chegar a atingir minha meta final e mais medo ainda de atingi-la.

A verdade é que em algum momento do caminho, o processo acabou se tornando mais importante para mim do que a própria meta, acabei me apaixonando pela alimentação saudável e moderada, assim como me apaixonei pela rotina de exercícios e mais do que isso, me apaixonei pelo poder da determinação. Graças a um pequeno passo, me tornei mais confiante e sei que carregar comigo sempre esse foco e confiança, serei capaz de construir novas e belas histórias.

Já não aceito mais viver sem isso. E se não for viver isso diariamente, quero ter o prazer de viver, auxiliar e comemorar a história de cada um de vocês de alguma forma, pois grande parte da felicidade e da motivação que retiro para o meu dia-a-dia vem de tudo o que eu aprendi com vocês.

Assim minha busca atual é encontrar um meio de fazer com que essa história se repita e que eu possa efetivamente influenciar e ajudar aqueles que como eu já se sentiram sem rumo e precisando de um sopro de esperança no coração.



Para acompanhar meu diário alimentar e rotina de exercícios acesse meu twitter, o @derepente80 onde posto detalhadamente cada refeição. Lembrando sempre que o que funciona para uma pessoa, não necessariamente funciona para a outra, procure sempre um profissional especializado. ;)


18 Comentários

Marcela Freire disse...

Parabénss linda , aproveita sua nova vida....vc merece!!!!!!

Ana disse...

vc me inspira #fato

Juliana Carvalho disse...

Aaaaaaaaaaaaan, minha linda, eu já estava com medo do "sumiço". Estou tão acostumada com suas postagens quase diárias (mesmo quando não comento) que 3 dias pareceram intermináveis. De qualquer forma é bom demais saber que, no fim, você está bem!

Eu acho que essa vontade de "expandir e compartilhar sonhos" é algo natural. Tbm ando muito com ela, quero arrastar todo mundo pro lado fitness da força rs

Quanto a esse medo, eu também tenho amiga. Mas, prefiro chamá-lo de respeito e reconhecimento. Nós respeitamos demais todos os degraus que subimos e acho que isso vai parte da vitória. Desejo que esse medo nunca te abandone e que vc nunca deixe a prepotência da missão cumprida cegar seus olhos para todo o caminho percorrido. No fundo eu sei que isso JAMAIS vai acontecer, porque, como vc mesmo disse, se apaixonou pelo caminho. E eu te entendo perfeitamente.

Te adoro!

Bjoooooo

Marta Oliveira disse...

Se for amor mesmo por essa vida pode ter certeza Aninha que vc jamais voltara de onde saiu.
Viva intensamente e será ótimo ter sua ajuda e apoio e sei que muitas tbm gostarão de receber seu apoio.
Bjs e bom fds.

Júlia disse...

Ana, você com certeza atinge e motiva as pessoas pela forma maravilhosa como escreve e, principalmente, por toda a sua determinação. Continue assim e você conseguirá ajudar muito todas as suas leitoras e consequentemente você mesma! Beijos

Ka disse...

Ah guria, eu fiquei com um tantão de raiva de ter me tornado uma pessoa alegre e positiva ahahahahah, as pessoas andam até assustadas comigo, mas como não ser positiva ao ver uma calça apertada acabar enorme e os números baixando e baixando? Com certeza logo você chega na sua meta! Beijo beijo.

Manu disse...

Aninha, medo do novo, do desconhecido, de 'pisar em territorio desconhecido' eh natural e ter se tornado positiva ja eh um grande passo para ao longo da sua jornada driblar esse fantasma que em sua maioria nos assombra.
Sua histotia e o poder te acompanhar me motiva, suas palavras e conselhos sao como
um norte em tempos confusos, entao, voce ao longo do seu e dos nossos processos vibra e comemora cada grande,pequena,vitoria.. beeijos

Eu Nos e os Sinos disse...

Sabe querida,
é muito bom quando reconhecemos o valor da nossa jornada e a soma
positiva que vem dos resultados,
do aprender a ver os proprios erros,
do desapego ao umbigo proprio
e assim é possivel ver o horizonte descortinado.
Agora Ana, voce consegue se VER alem dos dedos e consegue mais que isso: VER o Outro e os outras tambem ALÈM dos DEDOS.
Lembra do Path Adans.
É isso o viver coim qualidade.
Sabe que não acaba ao atingir sua meta,
pois viver é um processo lindo e lento.
Adoro a possibilidade que depois da reeducação alimentar e reeducação fisica atraves dos exercícios
podermos gerenciar bem cada sua VIDA.
Amo ser responsavel por não perder peso ou por mante-lo para estar sempre SAUDAVEL.
O medo faz parte da vida, ultrapassar os Medos negativos tambem é meta.
ja tive medo de assumir a Mulher que nasci pra Ser,
até que descobri que sou meu melhor e maior investimento.
Você é um mulher maravilhosamente forte e determinada.
Ajuda a muitos(as) com sua franqueza e sensibilidade.
Lindo sabado e domingo e passa la no blog que tem uma music a nós e pra voce la, fala d emedo e sem ler seu post pensei em voce ao escolher a musica de hoje.
E tem uma coisa que percebi e notei em seu escrever:
não transfere suas responsabilidades e culpas para terceiros. Uma marca de que amadureceu e isso é bommmm.
Bjkas entre sonhos e delírios.
Ahh sim, adoro voce e a foto com o livro vai pra minha parede de queridos.

Denni meu emagrecimento disse...

oi Ana...
acho que todas que passamos por esse processo temos um certo medo parecido com o teu... e creio ser normal..o medo é bom porque nos impede de arriscarmos demais e nos perdermos do caminho..
bom final de semana
http://meuemagrecimentoreal.blogspot.com.br
@Denniblog

Kah disse...

Ana, vc influencia grandemente na minha vida, com seu exemplo.. Vc nos mostra o quanto podemos se termos real determinação!! Parabéns por tudo q conquistasses até aqui, e sei muiita coisa ainda está por vir, o medo é normal.. mas só com espaço o que é novo vem!! Bjs

Lele Geléia disse...

Lindas palavras.
Saber que isso que você passou, que estou passando junto com outras pessoas é para vida toda. O caminho que aprendemos seguir vai até o fim da vida. Precisamos agora é de forças para continuar, e não parar e nem retroceder.

Um grande abraço Ana,
Lele
http://me-miras.blogspot.com.br/

Rita disse...

Ana,
Já tinha saudades dos teus posts, sempre tão inspiradores. Confesso que fiquei um nadinha assustada com o último, e disse-te isso mesmo, mas com este post (e o comentário no meu blog) percebi que estás a conseguir dar a volta à tristeza por tanto esforço não se ter traduzido em perfeição, e isso é algo que eu admiro muito. Como tu bem dizes, há sempre um medo de atingir a meta e não ficar satisfeita, incorrendo em atitudes e comportamentos alimentares menos bons (tanto para o exagero - engordar tudo outra vez - como para o mínimo - ficar anoréctica e obcecada), mas eu sei que tu não vais cair em nenhum deles, porque a tua força, motivação e sensatez é algo que se sente em todos estes posts. E, como sei isso, acho que também não precisas de ter medo de "perder" esta pessoa saudável que estás a construir por engordar demais, de todas as blogueiras que sigo és sem dúvida aquela que mais se esforça e sente, portanto isso não deve acontecer. Com moderação e objectivos na vida (como ajudar os outros, como dizes) vais conseguir ser elegante e saudável, sem voltar aos excessos. Eu acredito em ti ;)
Um beijinho e bom fim-de-semana!

Antonio Figueiredo disse...

Sinto o mesmo Aninha...
É uma sensação de vazio, de querer chegar e ter medo de chegar...
Minha vida mudou drticamente, não tem comparação a minha auto estima hoje de antes que era quase nula...
Reparo que consegui novamente os olhares de algumas mulheres ;) Porem ainda bate aquela insegurança aquele auto julgamento, não tem como...
Uma vida TOTALMENTE errada por quase 8 anos não vou mudar completamente em menos de 2 meses, eu sei... ;)
Bora ser feliz lindona!

<3

Bruna Amâncio disse...

Ana,

Querida primeiro preciso falar da foto que está maravilho, adorei, e sim preciso muito de sua força, você é um exemplo de garra e determinação.

Ser feliz não é ter uma vida perfeita. Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. Usar as perdas para refinar a paciência. Usar as falhas para esculpir a serenidade. Usar a dor para lapidar o prazer. Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência.

Augusto Cury


Beijos

Jeeh Antunes disse...

Ana sua linda.. você me inspira!! Pode ter certeza que se você que ajudar aos outros a terem as mesmas vitórias que você, você esta conseguindo comigo, cada dica, cada palavra de apoio me ajuda muito!!
Beijoss!
;*

novafasecampbell disse...

maagra linda e poderosa! aiiii minha pequena, parece que foi ontem que li seu primeiro post <3

Diva Quelzita disse...

te amo.
Ponto.

Obrigada!

lapomme disse...

Um psicólogo uma vez me disse: "o homem tem duas frustrações na vida: uma é não ter o que ele quer ter e a outra é ter". O medo faz parte, e ainda bem que ele existe! Ele é cinturão que não deixa que a coisa degringole. Parabéns pelo blog,já está nos meus favoritos.